Páginas

domingo, 15 de fevereiro de 2015

Denúncia de Falta de estrutura do alojamento para os policiais Militares que estão em Aracati para o período Carnavalesco; Dep. Cabo Sabino vai averiguar

Visita do Dep. Cabo Sabino ao alojamento dos Policiais em Aracati
Foto: Rede Social
Após tomar conhecimento, o Deputado federal Cabo Sabino ( PR) viajou até a cidade de Aracati, para conferir a situação de perto. Ao chegar no local o Deputado percebeu que os alojamentos não estavam em boas condições, os colchões velhos jogados no chão.
Para resolver a situação dos policiais, o Deputado Cabo Sabino procurou o Prefeito de Aracati, Ivan Silvério, que recebeu prontamente o deputado e garantiu que iria resolver a situação com urgência, indo  comprar os colchões necessários para acomodar os policiais, assim como fazer uma geral no local.
Poucas horas depois, o Prefeito foi ver in loco a situação dos alojamentos e chegou com cerca de 35 novos colchões novos que tinha no estoque de uma loja da cidade. Sobre a alimentação o prefeito destacou que era de boa qualidade.
Os policiais que estava no alojamento receberam o Deputado Federal Cabo Sabino que representa a classe com muito orgulho. “Era isso que estava faltando, um representante que já sentiu na pele o que nós sentimos em nosso dia a dia” destacou um dos policiais.


A Denúncia
Policiais no alojamento
Foto: Reprodução/Facebook
Policiais que chegaram para dar reforço em Aracati durante o carnaval tem usado as redes sociais para mostrar as condições em que estão no alojamento. Em uma foto na rede social facebook, a imagem mostra um policial no chão de uma sala de aula sem nem mesmo um colchonete para descansar. A imagem mostra  como os profissional de segurança são tratados no estado, com total desrespeito. Em poucos minutos a imagem tem gerado centenas de comentários dos colegas de farda.
 A operação de segurança para o carnaval no Estado mobilizará um efetivo extra de 3.607 policiais. De acordo com a Polícia Militar (PM), agentes que estavam de férias e outros de áreas administrativas irão compor o quadro, que será somado ao número normal de oficiais. Com o apoio de outros órgãos, como a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros, serão 4.774 pessoas reforçando a segurança nos próximos cinco dias.
Segundo o comandante geral da PM coronel Geovane Pinheiro, em todo o Estado, o efetivo extra estará presente em 78 municípios, escolhidos entre os que realizam festas mais expressivas e aqueles com maior potencial turístico. Em algumas cidades, como Beberibe, Aracati, terá reforço de 1.200 homens.
A grande preocupação no momento é proteger o cidadão durante o período carnavalesco onde acontecem grande aglomerações de pessoas em determinados locais. Mas o profissional de segurança, não pode ser esquecido. Não pode ser tratado de qualquer maneira, sem o mínimo de dignidade.
A pergunta é: Como oferecer uma segurança de qualidade sendo tratado dessa maneira?
Russas News

0 comentários:

Postar um comentário