Header Ads

Após acidente com parapente, prefeitura de Aracati suspende a prática por meio de decreto

Foto: ilustração
A prática do parapente, esporte radical praticado por turistas na praia de Canoa Quebrada, foi suspenso pelo prefeito de Aracati, Ivan Silvério, por meio do Decreto de Nº 198/2015, após o acidente na Praia de Canoa Quebrada, no último domingo, 18, envolvendo dois turistas e o instrutor do vôo do parapente.
O decreto determina que a partir desta segunda-feira, 19, esteja "temporariamente suspensa por prazo indeterminado a prática desportiva, a instrução e os vôos monitorados de caráter turístico no município de Aracati, até que seja procedida a regulamentação da atividade nos termos da legislação estadual e federal pertinente", afirma o decreto.
De acordo com o decreto, a Secretaria de Esporte e Lazer, a Secretaria de Infraestrutura e Urbanismo e a Guarda Municipal, tomarão as devidas providências necessárias à execução desta medida.
Veja o Decreto na íntegra 
Acidente
Turistas foram levados a hospital em veículo de colegas e passam bem (Foto: Kléber A. Gonçalves/Agência Diário)

Segundo informações, dois turistas da cidade de São Paulo e o piloto foram arremessados contra as falésias e arrastados por 8 metros, após uma rajada de vento.
Carlos Oliveira, de 61 anos, e sua filha Talita Aparecida de Oliveira, 26, faziam o passeio em voo livre com o instrutor Jerome Saunier, o “Jerônimo”, experiente piloto, conhecido como o autor do primeiro voo de parapente no Brasil. Carlos sofreu uma pancada na cabeça e a filha Talita Aparecida, arranhões nas pernas e reclamava de fortes dores na perna esquerda.
O trio foi socorrido por populares para o Hospital Regional de Aracati. 
com informações do Ceará Agora

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.